Marcha contra corrupção reúne manifestantes em todo País

Em pelo menos 28 cidades brasileiras, povo saiu às ruas para protestar contra impunidade, pedir Ficha Limpa e voto aberto

iG São Paulo |

AE
Vestido de presidiário, manifestante pede o fim da impunidade para corruptos em Brasília
Uma série de marchas contra a corrupção aconteceu nesta quarta-feira, feriado de Nossa Senhora de Aparecida e dia das crianças. Os protestos políticos, organizados por meio de redes sociais, acontecem em 28 cidades brasileiras distribuídas por 17 Estados.

Brasília: Manifestantes cantam Legião Urbana e Chico Buarque

São Paulo: Maçonaria e famílias se juntam a manifestantes na Paulista

Rio de Janeiro: Cariocas prometem acampar no Congresso pela Ficha Limpa

Belo Horizonte : Mineiros protestam gritando "você aí parado também já foi roubado"

Fortaleza: Adolescentes pintam os rostos em marcha contra corrupção no Ceará

Milhares de manifestantes foram reunidos em todo o País, como no dia 7 de setembro, quando ocorreu a 1ª Marcha contra a Corrupção . As passeatas contra a corrupção pretendem mobilizar a população para exigir a constitucionalidade da Lei da Ficha Limpa, que ainda será votada pelo Supremo Tribunal Federal (STF), o fim do voto secreto parlamentar e a continuidade do Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

Em Brasília, os manifestantes cantaram a música Que País É Esse?, da banda Legião Urbana , além de músicas de protesto compostas por Chico Buarque. No Rio de Janeiro, os cariocas adiantaram que planejam acampar no Congresso Federal pela aprovação da Ficha Limpa . Em São Paulo, a marcha atraiu a maçonaria, além de crianças e senhoras . Em Belo Horizonte, jovens e velhos protestaram juntos tentando atrair mais adeptos ao movimento: "Você aí parado também já foi roubado" . Na capital cearense, Fortaleza, a marcha foi composta por adolescentes e jovens com as caras pintadas .

A Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), a Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Associação Brasileira de Imprensa (ABI) apóiam o movimento, que faz questão de frisar ser apartidário e conta com o apoio de outros grupos que mantém atividades contra a corrupção, como o Nas Ruas.

“As pessoas que são filiadas a qualquer partido são bem vindas se forem levantar a única bandeira que todos os brasileiros têm em comum, a bandeira do Brasil! Deixe a bandeira do seu partido em casa e vamos nos unir na vontade que temos em comum, que é a de acabar com a corrupção no Brasil”, diz a mensagem do grupo a internautas.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG