Dilma confirma a Temer ‘nome técnico’ na Ciência e Tecnologia

Presidenta e vice encontram-se para discutir mudanças na Esplanada dos Ministérios. Nome de Marta enfraquece

Adriano Ceolin, iG Brasília |

AE
Ao lado de Sarney e Temer, Dilma agradece PMDB durante Fórum Nacional do partido em Brasília em setembro de 2011
A presidenta Dilma Rousseff confirmou hoje ao vice-presidente Michel Temer que pretende escolher um nome com perfil técnico para ocupar o lugar de Aloízio Mercadante no Ministério da Ciência e Tecnologia. Isso diminui as chances de a senadora Marta Suplicy (PT-SP) ser escolhida para a função. O mesmo vale para o deputado federal Newton Lima (PT-SP).

Segundo o iG apurou com assessores palacianos, a conversa entre Dilma e Temer durou cerca de uma hora. Foi o primeiro encontro após as férias de ambos entre o fim do ano passado e começo de 2012. Entre os cotados para ficar com a Ciência Tecnologia, está o físico Marco Antônio Raupp, da Agência Espacial Brasileira.

Ele conta com o lobby de Mercadante, que deixará a pasta da Ciência Tecnologia para substituir Fernando Haddad na Educação. Ministro desde 2005, Haddad já acertou sua saída da Esplanada porque irá disputar a Prefeitura de São Paulo pelo PT. Até agora, ele e Mercadante são os únicos nomes certos para a reforma ministerial prevista para a fevereiro.

Ainda segundo o iG apurou, Dilma disse a Temer que “fará mudanças paulatinamente” e que, em princípio, não haverá mudanças nos lugares ocupados pelo PMDB _Temer é presidente licenciado da legenda. Atualmente, o partido comanda as pastas de Minas e Energia, Turismo, Agricultura, Previdência Social e Secretaria de Assuntos Estratégicos. As bancadas no Congresso querem mais espaço.

Peemedebistas apostam que a conversa entre Dilma e Temer foi apenas a primeira, por isso ainda acreditam na possibilidade de conseguir aumentar o tamanho do partido na Esplanada. Semana passada, o presidente nacional do PMDB, Valdir Raupp (RO), havia dito que o partido esta “subdimensionado”.

Dilma sinalizou que não deve fazer mudanças drásticas na Esplanada. Além da troca na Ciência e Tecnologia, é dada como certa a escolha de um novo nome para o Ministério do Trabalho. Após a demissão de Carlos Lupi (PDT), assumiu o secretário-executivo Paulo Roberto Pinto como interino. O PDT tenta manter o controle da pasta.

Ciro Gomes

No fim de 2011, o nome do ex-ministro Ciro Gomes (PSB) chegou a entrar na lista de possíveis candidatos para a Ciência e Tecnologia. Um encontro entre ele e Mercadante teria ocorrido. No entanto, nada foi confirmado. Na semana passada, pessoas próximas ao petista disseram que o governo não quer ampliar o tamanho do PSB no governo.

Presidido nacionalmente pelo governador de Pernambuco, Eduardo Campos, o Partido Socialista Brasileiro (PSB) passou a vivenciar uma disputa por hegemonia com o PT na região Nordeste. Como o iG noticiou na sexta-feira, o Palácio do Planalto resolveu escolher a dedo medidas e nomeações com impacto político na região.

    Leia tudo sobre: Dilma RousseffMichel Temer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG