Newt Gingrich vence primária da Carolina do Sul

Pré-candidato do Partido Republicano venceu o então favorito, Mitt Romney

iG São Paulo |

Newt Gingrich venceu as primárias republicanas na Carolina do Sul na noite deste sábado, segundo a CNN. O ex-presidente da Câmara de Representantes teve 40% dos votos, enquanto o ex-governador de Massachusetts Mitt Romney, 28% , o ex-senador Rick Santorum, 17% e o congressista ultraliberal Ron Paul, 13%.

Reprodução
Newt Gingrich discursa com crianças na Carolina do Sul (AP)

Mitt Romney, o até agora favorito para ser o candidato do Partido Republicano para as eleições presidenciais de novembro nos Estados Unidos, perdeu sua vantagem frente a seu mais próximo rival e já reconheceu a sua derrota em discurso desta noite. "Esta disputa está ainda mais interessante", disse Romney.

As primárias do conservador estado da Carolina do Sul são as primeiras do processo eleitoral em curso que se realizam no sul dos EUA e o terceiro pleito neste trimestre, após os "caucus" de Iowa do dia 3 de janeiro e as primárias de New Hampshire, sete dias depois. Desde 1980, o ganhador das primárias da Carolina do Sul conseguiu a candidatura presidencial do Partido Republicano.

- Saiba mais: Veja o especial sobre as eleições nos EUA 2012

- Desafio: Em 2012, pior rival de Obama é seu próprio governo

- Infográfico: Quem são os principais pré-candidatos republicanos?

Romney ainda mantém possibilidades matemática de conseguir a candidatura porque continua liderando no número de delegados para a convenção nacional de agosto próximo e lidera nas preferências dos eleitores na Flórida, que realizará suas primárias no dia 31 de janeiro.

Eleitores mudam de ideia

"No início ia votar em Romney", disse Helen Selviger, que, por fim, votou em Newt, em uma mudança que ilustra o avanço deste conservador na corrida pela indicação à Casa Branca. Mesmo que o moderado multimilionário Romney seja o favorito de muitos republicanos deste estado, "falta a ele a energia de que precisamos agora", explicou Selviger, que foi votar com seu marido David na igreja batista Shandon de Gregg Park, bairro de Columbia, capital da Carolina do Sul.

Apesar de ter terminado votando em Gingrich, Selviger reconheceu que não gosta muito dele. "Mas ele tem a experiência e o caráter de líder necessários hoje em dia", ressaltou. Seu marido David concordou. "Não conseguia me decidir até esta manhã", disse sorridente uma senhora de cerca de 70 anos que votou neste sábado depois de uma campanha agressiva neste bastião do sul dos Estados Unidos, que reanimou o campo de Gingrich a ponto de fazer com que este superasse Romney nas pesquisas.

Mas em Gregg Park, onde vive a classe média, Romney ainda mantém seguidores. "Eu votei em Mitt Romney, acho que é o melhor candidato para enfrentar Barack Obama na eleição presidencial de 6 de novembro", afirmou David Traylor, minutos depois de ter votado. "Ele tem bons antecedentes como administrador de empresas, e acredito que pode seduzir um número maior de eleitores para as eleições", explicou.

Romney, um ex-empresário e ex-governador de Massachusetts, havia conseguido quase 20 pontos de vantagem sobre seus adversários até a disparada do fenômeno Gingrich, depois de uma dura campanha entre os dois principais rivais e os outros dois pré-candidatos, o cristão ultraconservador Rick Santorum e o congressista Ron Paul.

Na imensa entrada da igreja Shandon, os eleitores -que não precisavam ser membros do Partido Republicano para participar desta consulta- assinaram um registro de comparecimento antes de votar em urnas eletrônicas. Byron Rader também optou por Gingrich. Mas a escolha entre o ex-presidente da Câmara dos Representantes e Romney "foi muito difícil", indicou. "Acho que Newt Gingrich é mais inteligente", disse.

*Com EFE, AFP e AP

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG