O que é o Prouni

Entenda o que é e para que serve o Programa Universidade para Todos, que concede bolsas de estudo em graduações particulares para alunos de baixa renda

iG São Paulo

O Programa Universidade para Todos (Prouni), do Ministério da Educação (MEC), concede bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior para estudantes de baixa renda. Quem tem renda familiar, por pessoa, de até um salário mínimo e meio pode concorrer a uma bolsa integral. Já as bolsas parciais, de 50%, são para estudantes com renda familiar de, no máximo, três salários mínimos por pessoa.

Para concorrer a uma bolsa, o estudante precisa preencher outros pré-requisitos: ter prestado o último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e alcançado, no mínimo, 400 pontos na média das cinco notas (Ciências da Natureza; Ciências Humanas; Linguagens; Matemática e Redação), não ter tirado zero na Redação do Enem e ter cursado todo o ensino médio na rede pública ou da rede particular na condição de bolsista integral. O candidato também não pode ter diploma de nível superior.

Também é possível concorrer a uma bolsa se o candidato for portador de deficiência ou professor efetivo da rede pública de ensino e for concorrer a bolsas exclusivamente nos cursos de licenciatura, normal superior ou pedagogia. Nesses casos, não é exigida a comprovação de renda.

Seleção e matrícula

O candidato à bolsa do Prouni não precisa fazer vestibular, nem estar matriculado na instituição em que pretende se inscrever. A nota do Enem será o critério de seleção. O candidato deve selecionar o curso no site do Prouni , durante o período de inscrição, e escolher turno e instituição de ensino superior, dentre as opções disponíveis conforme seu perfil socioeconômico.

As inscrições para bolsas no segundo semestre de 2012 vão de 28 de junho a 2 de julho. 

As instituições participantes do Prouni podem submeter os candidatos pré-selecionados a um processo seletivo específico e isento de cobrança de taxa. Essa informação estará disponível ao candidato, no momento da inscrição.

Após a conquista da bolsa de estudos, o estudante deverá entregar os documentos que comprovam o cumprimento de todas as exigências do programa e fazer a matrícula na instituição. Somente após este processo é que a vaga estará garantida.

O Prouni reserva bolsas às pessoas com deficiência e aos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos. O percentual de bolsas destinadas aos cotistas é igual àquele de cidadãos pretos, pardos e indígenas, em cada Estado, segundo o último censo do IBGE. O candidato cotista também deve se enquadrar nos demais critérios de seleção do Prouni.

Criado pelo governo federal em 2004, o Prouni já atendeu mais de 1 milhão de estudantes, sendo 67% com bolsas integrais.

    Leia tudo sobre: Prouniensino superiorbolsas de estudo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG