Cristiano José da Conceição Silva confessou o crime assim que foi questionado pelos PMs

Agência Estado

Reprodução de site de relacionamento do estudante Renan Ardito Rosaque morreu após ter sido esfaqueado
Marcos Bezerra/Futura Press
Reprodução de site de relacionamento do estudante Renan Ardito Rosaque morreu após ter sido esfaqueado

A Polícia Militar prendeu, na segunda-feira, 13, à noite o suspeito de ter matado a facadas o estudante Renan Ardito Rosa , de 22 anos, na saída da festa Integramack na escola de samba Rosas de Ouro, na madrugada de sábado, 11.

Cristiano José da Conceição Silva, de 26 anos, é usuário de crack e já tem passagem pela polícia por agressão. Após denúncia anônima, ele foi preso em casa, no Jardim das Graças, na zona norte, e levado ao 40.° DP (Limão).

O suspeito confessou assim que foi questionado pelos PMs. Na saída da festa, Silva teria pedido dinheiro a Rosa e eles discutiram duas vezes. Após esfaquear o estudante, o suspeito fugiu. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.