Advogado acompanha Luciano Hang em depoimento
Agência Senado
Advogado acompanha Luciano Hang em depoimento


O advogado Beno Brandão, que chegou a ser expulso da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia nesta quarta-feira (29), tem políticos famosos em sua cartela de clientes. Atualmente, ele trabalha para o empresário Luciano Hang , dono das lojas Havan, e o acompanha em depoimento prestado à CPI .


Segundo a coluna de Bela Megale, no jornal O Globo, Brandão já representou a defesa do ex-diretor da Petrobras, Nestor Cerveró e do ex-governador do Rio de Janeiro, Sergio Cabral. Ele também participou da negociação de vários acordos de delação premiada.


Já na comissão, no Senado, Brandão gerou confusão e provocou a interrupção da sessão. O senador Rogério Carvalho (PT-SE) o acusou de tê-lo ofendido no momento em que discutiam sobre como deveriam ser feitas as perguntas e respostas. O presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), então, pediu que o advogado se retirasse. Minutos depois, quando a sessão foi retomada, Brandão pediu desculpas ao petista.



Seu cliente, Luciano Hang, foi convocado após a CPI ter acesso a documentos que indicam que ele teria financiado o blogueiro Allan dos Santos, acusado de disseminar fake news especialmente em relação à pandemia. Hang também é questionado sobre a situação de sua mãe, que faleceu vítima da Covid-19. Ela recebeu tratamento em um hospital da operadora Prevent Senior, que, de acordo com a CPI, ocultou o registro da doença em seu atestado de óbito .

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários