Luciano Hang usando algema em vídeo publicado no Instagram
Reprodução
Luciano Hang usando algema em vídeo publicado no Instagram

Luciano Hang, dono da rede de lojas Havan, publicou um vídeo em seu Instagram nesta segunda-feira (27) em que aparece com um dos braços algemados. Segundo Luciano, o objeto foi comprado para evitar gastos públicos caso ele seja preso pela CPI da Covid. O empresário está com  depoimento marcado para quarta-feira (29). 

“Estou indo na CPI com o coração aberto. Gentileza gera gentileza, respeito gera respeito. Eu quero que eles façam as perguntas e eu tenha todo o tempo do mundo para responder. Eu tenho tanto tempo, toda a quarta-feira vai estar disponível. Eu trabalho 24 horas por dia, então vou ter todo o tempo do mundo”, disse o empresário: 

A algema foi comprada para o caso dos senadores "não aceitarem aquilo que vou falar". O empresário disse que entregará uma chave para cada senador para que possa ser preso. 

Hang vai depor na CPI para auxiliar as investigações sobre o chamado tratamento precoce, defendido por ele e pelo presidente Bolsonaro. Em documentos entregues para CPI sobre o caso da Prevent Senior, o nome de Regina Hang , mãe do empresário, aparece como um dos pacientes que estavam sob medicação do "kit covid". 


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários