Destruição nas ruas de Kiev, capital da Ucrânia
Divulgação/Ministério da Defesa da Ucrânia
Destruição nas ruas de Kiev, capital da Ucrânia

A ONU (Organização das Nações Unidas) afirmou hoje que a guerra na Ucrânia já deixou ao menos 102 civis mortos e outros 422 mil ucranianos refugiados. A informação foi divulgada pela alta comissária Michelle Bachelet na 49ª sessão do Conselho de Direitos Humanos. Hoje, acontece a reunião na Bielorrússia entre Rússia e Ucrânia .

Segundo Bachelet, “progressos notáveis feitos nas últimas duas décadas, em todas as regiões, estão sendo ameaçados”. Bachelet afirmou também que houve 406 incidentes com civis na Ucrânia, com 102 mortos.

“A maioria dessas vítimas morreu por explosivos, bombas e ataques aéreos”, disse Bachelet, mas com o adendo de que “o número real de vítimas seja muito maior”.

Reunião na quinta-feira

Após um pedido da Ucrânia, uma votação decidiu que será realizado um debate urgente em razão da guerra. A votação teve 29 votos a favor e 5 votos contra. O Brasil foi um dos países que votou "sim". Rússia e China estão entre os que votaram "não". A sessão do Conselho de Direitos Humanos será na quinta-feira.

Leia Também

A 49ª sessão do Conselho de Direitos Humanos vai até o dia 1º de abril, mas os principais debates devem acontecer até quarta-feira, 2 de março.

Como foi o quarto dia da guerra

Em mais um dia de ataque russo à Ucrânia, a segunda maior cidade do país, Kharkiv, foi alvo de vários atentados . O comandante do exército na região, no entanto, disse que dezenas de soldados da Rússia se renderam.


Confira abaixo outros fatos sobre o quarto dia da guerra:

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários