Virada do ano pode ser debaixo de chuva no Rio e em São Paulo

Previsão para os Estados de Minas Gerais e Espírito Santo é de chuva. Sul e Nordeste terá dias de sol

iG São Paulo |

Os últimos dias de 2011 devem terminar com muita chuva sobre Minas Gerais e Espírito Santo, mas com muito sol, calor e racionamento de água em municípios gaúchos. O excesso de chuva em algumas cidades mineiras já causou deslizamentos de terra, alagamentos e muitos outros transtornos e prejuízos para a população mineira, de acordo com a previsão da Climatempo.

Além da umidade alta e do calor, uma frente fria que já atingiu o Espírito Santo vai colaborar com a formação da Zona de Convergência do Atlântico Sul sobre o Brasil. A chuva aumenta sobre Minas Gerais e Espírito Santo, mas grandes áreas de nuvens carregadas se espalham pelo interior do País e também provocam fortes pancadas de chuva sobre o Centro-Oeste e Norte do Brasil. Nos próximos dias, o sol e o calor predominam no Sul e no Nordeste.

Confira como fica a previsão para todas as regiões do País:

Região Sudeste: chuva em quase toda região

As condições do tempo na região Sudeste já estão complicadas por conta das fortes chuvas que atingem nos últimos dias a maioria das regiões de Minas Gerais e na região serrana do Estado do Rio de Janeiro. A passagem de uma frente fria no Natal causou muita chuva e alagamentos pelo litoral de São Paulo. A chegada de 2012 também será com chuva em grande parte do Sudeste.

Durante o dia 31 de dezembro de 2011 e também no primeiro dia de 2012, a chuva não deve dar trégua ao Espírito Santo. Os municípios do norte de Minas Gerais, do vale do rio Doce e do vale do Jequitinhonha também vão começar o novo ano com muita chuva. No norte e na região serrana do Estado do Rio, na Grande Belo Horizonte e nas outras áreas mineiras, incluindo o sul de Minas e a zona da mata, o sol até aparece de vez em quando no dia 31 de dezembro, mas o risco de chuva forte continua alto durante a tarde e à noite. O centro-sul do Rio de Janeiro termina 2011 com sol e pancadas de chuva à tarde e nas primeiras horas da noite.

AE
Tradicional queima de fogos de Copacabana pode ter chuva fraca
Rio de Janeiro - Famosa pelo espetáculo de luzes, uma das festas de ano-nNovo mais famosas do planeta é que a acontece na praia de Copacabana, na cidade do Rio de Janeiro. Este ano, de acordo com os meteorologistas da Climatempo, há possibilidade de chuva durante a tarde e também na noite de 31 de dezembro. Na hora da virada para 2012, o Rio de Janeiro deve estar com muitas nuvens e há possibilidade de chuva fraca. A temperatura fica agradável durante a noite, entre 24ºC e 26ºC. A região de Angra dos Reis e toda Costa Verde, no litoral sul do Rio de Janeiro, entra em 2012 com condições de tempo parecidas com a da capital fluminense: muitas nuvens e possibilidade de chuva fraca.

São Paulo - Na maioria das áreas do Estado de São Paulo, a previsão é de que 2011 termine com sol, calor e algumas pancadas de chuva à tarde e no começo da noite. No interior paulista, a chance de chuva na hora da virada é grande no norte do Estado, incluindo cidades como Ribeirão Preto, Franca, São Carlos e Mococa e na serra da Mantiqueira. Na Grande São Paulo, o dia 31 de dezembro será com sol, muitas nuvens e possibilidade de chuva rápida à tarde, em poucas áreas da região. A chuva não deve atrapalhar a corrida de São Silvestre. Durante a noite do dia 31 e na madrugada do dia 1 de janeiro, a Grande São Paulo terá céu nublado, com possibilidade de garoa. A temperatura fica amena. No dia 1 de janeiro de 2012, a Grande São Paulo poderá ter chuva já pela manhã e os termômetros não devem passar dos 24ºC. Nas praias paulistas, o dia 31 de dezembro começa com sol e termina nublado. Pode chover rápido à tarde. Durante a noite do sábado e na madrugada do domingo, o céu deve ficar praticamente todo nublado e pode chuviscar.

Região Sul: 2012 chega com sol e calor

O ano de 2011 termina com temperaturas altas na maior parte do Sul do País. A menor quantidade de umidade no ar inibe a formação das nuvens carregadas e a ocorrência de chuva, principalmente no Rio Grande do Sul. Áreas de instabilidade e os ventos úmidos que sopram do mar aliviam o calor só mesmo durante a noite e ao amanhecer.

No dia 31 de dezembro de 2011, o Sul do Brasil terá muito sol e temperaturas elevadas à tarde. Há possibilidade de alguma chuva rápida a partir da tarde nas serras gaúcha e catarinense, no litoral de Santa Catarina, no vale do Itajaí, na Grande Curitiba e no litoral e também pelo interior do Paraná. A chuva não deve ser persistente. Durante a noite do sábado e na madrugada do domingo, dia 1º de janeiro, pode chover fraco em Curitiba, no litoral do Paraná, no vale do Itajaí e em Florianópolis. Em Curitiba, o ano de 2012 começa com temperatura amena e a máxima prevista para o domingo é de 21ºC. Em Florianópolis também não vai esquentar e a temperatura não deve superar os 25ºC no primeiro dia de 2012. Já Porto Alegre deve entrar em 2012 com tempo firme, sem chuva e com calor. A temperatura na tarde do domingo deve alcançar valores em torno dos 30ºC.

Região Centro-Oeste: muita chuva na virada

Como é comum no fim de todos os anos, a maioria das áreas do Centro-Oeste do Brasil tem dias abafados, com muita umidade e pancadas de chuva, muitas vezes de forte intensidade. Estas condições são normais durante o verão, a estação que mais chove no Centro-Oeste.

O ano de 2011 termina com tempo instável no Centro-Oeste. A chance de chuva é alta na hora da virada para 2012 nos três estados da Região é no Distrito Federal. Na tarde e em no começo da noite do dia 31 de dezembro, as pancadas de chuva podem se fortes. O primeiro dia de 2012 começa abafado na região com a influência da Zona de Convergência do Atlântico Sul. Este sistema aumenta as condições de chuva especialmente sobre Goiás, no Distrito Federal e em Mato Grosso. Há risco de chuva forte.

Região Nordeste: sol e calor

No finalzinho de 2011, as condições de chuva aumentam sobre a Bahia por causa da presença de áreas de instabilidades associadas a Zona de Convergência do Atlântico Sul que ajudam a espalhar a umidade em muitas áreas do Nordeste. A presença deste sistema aumenta a nebulosidade e a ocorrência de chuva sobre o centro-sul do Maranhão e do Piauí.

O dia 31 de dezembro de 2011 ainda será com muito sol, pouca ou nenhuma chuva nos Estados de Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, no Rio Grande do Norte e no Ceará. Nestes Estados, a virada para 2012 deve ser com calor e algumas nuvens, mas não deve chover.

No Maranhão e no Piauí, as condições de chuva são maiores no dia 31 de dezembro de 2011, podendo até chover forte em áreas do sul dos dois Estados. Nas capitais Teresina e São Luís, a passagem para 2012 deve acontecer numa noite quente, mas com pouca chance de chuva.

Na Bahia, no último dia de 2011 pode chover forte em várias localidades do litoral sul baiano, da região da Chapada Diamantina, do Planalto da Conquista e também do vale do São Francisco e do oeste baiano. A chance de estar chovendo na hora da virada para 2011 também é alta. Em Salvador e no Recôncavo Baiano, também devem ocorrer pancadas de chuva no dia de 31 de dezembro de 2011, mas o sol vai aparecer na maior parte do dia.

Região Norte: cara de verão

O Norte do Brasil termina o ano 2011 com condições do tempo típicas do verão na região: sol, muitas nuvens e muitas pancadas de chuva. Durante o dia, em geral, as pancadas de chuva ocorrem junto com o sol e depois se prolongam pela noite. O tempo quente e úmido em todos os Estados mantém a sensação de abafamento o dia todo.

Na noite do dia 31 de dezembro de 2011 e também no primeiro dia de 2012, as pancadas de chuva devem ocorrer em todo o Norte do Brasil. Nos Estados do Amapá, Roraima e no norte do Pará, incluindo as capitais Belém, Manaus, Macapá e Boa Vista, as pancadas de chuva serão menos frequentes..
Já nas outras áreas do Amazonas e do Pará, no Tocantins, no Acre e em Rondônia, o tempo fica mais instável e acontece a qualquer hora do dia 31 de dezembro e no dia 1 de janeiro de 2012.

    Leia tudo sobre: feriadoano-novoréveillonprevisão do tempo

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG