Passe Livre revê discurso e afirma que nunca saiu ou sairá das ruas

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Movimento que havia afirmado que não convocaria novos protestos, publica nova nota

Após afirmar em nota e entrevistas que não convocaria novos protestos, o Movimento Passe Livre publicou na noite de sexta-feira um esclarecimento de que continuará nas ruas, embora não haja data para as manifestações do grupo. 

Leia também: Os líderes que começaram os protestos em todo o País

Na madrugada de sexta, após uma mudança no perfil dos manifestantes na quinta-feira, o grupo publicou nota de que não concordava com a postura de alguns manifestantes e reafirmou sua origem de esquerda. Um dos líderes chegou a dizer no Instituto de Estudos Avançados da USP, que o movimento foi raqueado pela direita, que ele próprio havia parado de ir para a rua e que agora era preciso "controlar o montro que pôs na rua".

No final da noite, para desfazer mal entendidos de que o MPL não fosse nunca mais protestar, o grupo publicou nova nota. Leia:

O Movimento Passe Livre (MPL) é um movimento social que luta por um transporte verdadeiramente público. Ao longo dos seus 8 anos, o MPL nunca deixou de se organizar e sair às ruas, e não vai ser agora que isso vai mudar.

Nas últimas semanas, a população de São Paulo obteve uma enorme conquista: com sua mobilização na rua, forçou os governantes a retrocederem e revogarem o aumento na tarifa de ônibus, trem e metrô. O povo organizado mostrou que é capaz de vitórias, e há muitas lutas ainda a serem feitas.

Não estamos suspendendo os protestos. Sempre afirmamos que a luta contra o aumento ia continuar até a revogação. Agora que a tarifa baixou, vamos dar continuidade à luta, pela tarifa zero.

Só a luta muda a vida!

Movimentto Passe Livre São Paulo

Leia tudo sobre: mplnotaprotestospasse livreigsp

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas