Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg
Reprodução CNN Brasil - 17.03.2022
Secretário-geral da Otan, Jens Stoltenberg

Nesta terça-feira (5), o secretário-geral da Otan , Jens Stoltenberg, disse que a Rússia está avançando para"tomar o controle de todo o Donbass", região no leste da Ucrânia, e criar "uma ponte terrestre com a Crimeia", anexada por Moscou em 2014.

"Nas próximas semanas, esperamos um avanço russo no leste e sul da Ucrânia para tentar tomar o controle de todo o Donbass (...). Estamos em uma fase crucial da guerra", afirmou em coletiva de imprensa.

"As tropas russas deixaram a região de Kiev e o norte da Ucrânia. Vladimir Putin está movendo um grande número de tropas para o leste, em direção à Rússia. Elas vão se rearmar, receber reforços porque sofreram muitas perdas e se reabastecer para lançar uma nova ofensiva altamente concentrada na região do Donbass", disse ele. "É nesta região onde se concentra a maioria das forças ucranianas".

De acordo com ele, o movimento das forças russas vai demorar algumas semanas antes de lançarem uma grande ofensiva. "É essencial que os aliados apoiem os ucranianos, os ajudem a se rearmar para permitir que se defendam", insistiu.

Leia Também

Nesta quinta (7), os ministros das Relações Exteriores da Otan vão se reunir com o homólogo ucraniano Dmytro Kuleba sobre as necessidades das forças da Ucrânia, segundo o chefe da Otan. "Não quero dar mais detalhes, mas está em análise o fornecimento de armas antitanques e de sistemas de defesa antiaéreos", acrescentou.

Na ocasião, Stoltenberg também disse que teme "novas atrocidades" em outros territórios da Ucrânia que estiveram sob controle russo nessas semanas, além de acusar a Rússia de "crimes de guerra" .

"Temo que seremos testemunhas de outras atrocidades. Os russos ainda controlam uma parte do território ucraniano. Quando essas áreas forem recuperadas [pelos ucranianos], corremos o risco de encontrar mais valas comuns, mais atrocidades , mais exemplos de crimes de guerra", afirmou.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários