Kiev afirma que Rússia e Ucrânia deverão entrar em acordo em breve
Reprodução/Ministério das Relações Exteriores da República da Bielorrússia
Kiev afirma que Rússia e Ucrânia deverão entrar em acordo em breve

O chefe negociador da  Ucrânia nas conversas com a Rússia , Mykhailo Podolyak, afirmou nesta quinta-feira (17) que um acordo para por fim aos ataques no país pode ser possível em cerca de 10 dias.

"Poderiam ser necessários poucos dias, mais ou menos uma semana e meia, para encontrar um acordo sobre os pontos mais controversos. A assinatura de um acordo colocará fim à fase aguda do conflito, nos permitirá honrar todos aqueles que foram assassinados e iniciar a reconstrução do país. Mas, duvido que para os ucranianos a guerra vai acabar ali, não depois de tudo que passamos", disse.

Na última quarta-feira (16), o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky, afirmou que as negociações estão se tornando "mais realistas", enquanto o ministro das Relações Exteriores da Rússia, Sergei Lavrov, mencionou que há "alguma esperança de compromisso".

O Kremlin afirmou que os lados estão discutindo um status para a Ucrânia semelhante ao da Áustria ou da Suécia, membros da União Europeia que estão fora da aliança militar ocidental Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários