Pessoas são ajudadas por um soldado a passar por um rio através de uma ponte improvisada
Reprodução/Ansa - 15.03.2022
Pessoas são ajudadas por um soldado a passar por um rio através de uma ponte improvisada

A Unesco anunciou nesta quinta-feira (17) que fornecerá coletes e capacetes à prova de balas para os jornalistas que estão trabalhando na Ucrânia .

Além dos equipamentos de proteção, a agência da Organização das Nações Unidas para Educação e Cultura confirmou que oferecerá cursos de treinamento online e presencial para os profissionais que trabalham em zonas de combate.
"Jornalistas e trabalhadores da mídia estão arriscando suas vidas na Ucrânia para fornecer informações que salvem a vida das populações locais e informem o mundo sobre a realidade desta guerra", disse a diretora da Unesco, Audrey Azoulay.

Segundo a agência, pelo menos 125 coletes e capacetes serão distribuídos, principalmente para jornalistas ucranianos, "que anteriormente lidavam com notícias locais e, de repente, se viram correspondentes de guerra, despreparados para os riscos que correm".

De acordo com o comitê de direitos humanos do Parlamento ucraniano, pelo menos cinco jornalistas já foram mortos enquanto cobriam a guerra na Ucrânia e quase 40 ficaram feridos nos ataques russos.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo. 

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários