Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia
Reprodução/Facebook Volodymyr Zelensky
Volodymyr Zelensky, presidente da Ucrânia


O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, fez uma alerta aos seus cidadãos. Segundo ele, as  tropas russas vão tentar tomar a capital do país, Kiev, nas próximas horas. Como no país já é madrugada, o líder se refere a noite de sábado (26).


"Não podemos perder a capital. Falo com nossos defensores , homens e mulheres em todas as frentes: hoje à noite, o inimigo vai usar todas as suas forças para romper nossas defesas da maneira mais vil, dura e desumana. Vão tentar um ataque", disse Zelensky, conforme tradução do UOL. A declaração foi publicada em vídeo postado no site oficial da presidência ucraniana.


Antes disso, um porta-voz do governo já tinha dito que estão dispostos a negociar um cessar-fogo com o presidente da Rússia, Vladimir Putin. De acordo com a publicação, os países discutem local e horário para realizar o encontro.



Enquanto isso, pelo menos cinco explosões já foram registradas em Kiev , conforme relato do prefeito Vitali Klitschko. De modo geral, a Ucrânia é bombardeada desde quinta-feira (24) porque Putin não aceita o interesse do governo ucraniano de entrar para a Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), aliança militar do Ocidente. Diante da invasão russa, o governo ucraniano já admite desistir de integrar a Otan.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários