Stephanie Grisham
Reprodução
Secretária de imprensa e chefe de Gabinete da primeira-dama, Stephanie Grisham foi uma das primeiras a sair

Uma série de funcionários da Casa Branca começou a renunciar aos seus cargos após a  invasão de apoiadores de Donald Trump ao Capitólio nesta quarta-feira (06).

As primeiras notícias de demissão atingiram o staff da primeira-dama, Melania Trump : a secretária de imprensa e chefe de Gabinete, Stephanie Grisham, publicou um comunicado informando sua saída e dizendo "ser uma honra" ter servido ao país.

Depois, a secretária social, Anna Cristina Niceta, e a vice-secretária de imprensa, também deixaram seus postos, segundo a CNN.

Pouco depois, o vice-conselheiro de Segurança Nacional, Matt Pottinger, e o vice-chefe de Gabinete, Chris Liddell, também entregaram seus cargos , segundo fontes ouvidas pela emissora.

Outro que deve sair ainda nesta quinta-feira (07) é o conselheiro de Segurança Nacional, Robert O'Brien, que havia se posicionado publicamente ao lado do vice-presidente, Mike Pence , por conta da pressão de Trump para que seu vice não seguisse a Constituição e não desse andamento à sessão formal que certificou a vitória de Joe Biden .

As demissões vêm após o episódio inédito na história norte-americana com a invasão ao Capitólio durante a sessão formal que encerra o processo eleitoral de 3 de novembro.

Apesar da paralisação por algumas horas, a reunião do Congresso foi retomada e o nome de Joe Biden foi confirmado como novo presidente dos EUA por volta das 6h da manhã desta quinta-feira.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários