.
SIPA USA/PA Images
Jon Ossoff, à esquerda, e Raphael Warnock trocam cotoveladas durante um comício de campanha na segunda-feira (04)


O presidente eleito dos EUA, Joe Biden, agora tem o controle do Senado americano. O  segundo candidato democrático concorrendo a uma cadeira na Geórgia garantiu a vitória dos democratas nesta quarta-feira (06).

O resultado foi divulgado depois que dezenas de apoiadores de Donald Trump invadiram o prédio do Capitólio em Washington . O prédio foi fechado após violentos confrontos entre manifestantes e a polícia.

"É com humildade que agradeço ao povo da Geórgia por me eleger para servi-lo no Senado dos Estados Unidos", disse um o candadito eleito, Jon Ossoff, anteriormente.

O outro candidato democrata, Raphael Warnock, declarou vitória na noite passada contra a atual republicana Kelly Loeffler - que ainda não admitiu a derrota. A Press Association, CNN e o New York Times estão entre os meios de comunicação que já deram Warnock como vencedor.

"Geórgia, estou honrado pela que você demonstrou em mim", disse Warnock, um pastor negro de 51 anos, em um discurso na televisão pouco depois da meia-noite. "E eu prometo esta noite, eu estou indo para o Senado para trabalhar por toda a Geórgia."

Biden também demonstrou sua alegria com os resultados. "Geórgia - A nação espera que você nos conduza adiant", tuitou o presidente eleito. "O poder está em suas mãos."


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários