trecho de casal de engenheiros
Reprodução/TV Globo
Casal rebate fiscais da prefeitura que pediram que os dois saíssem do bar; "a gente paga o seu salário", disse Nívea


Os engenheiros Nívea Valle Del Maestro e Leonardo Santos Neves de Barro, que ficaram conhecidos pela frase “ engenheiro civil , formado, melhor do que você” , nunca exerceram o ofício de engenharia. Ambos foram demitidos após repercussão de discussão com fiscais no Leblon, exibida pelo Fantástico no último domingo.



Nívea corrigiu o fiscal afirmando que seu marido não era um “cidadão” (maneira como foi abordada pelo agente da prefeitura), mas como “engenheiro civil formado”. No entanto, Leonardo afirmou ao G1 que nunca exerceu a profissão.

O engenheiro trabalhava com gerenciamento de risco, mas foi demitido da empresa onde desempenhava a função.

Nívea também é formada em engenharia, só que química. No entanto, nunca exerceu a profissão. Segundo ela, “a carreira seguiu outro caminho”. Ela trabalhava no cargo de especialista em planejamento e controle na empresa de energia elétrica Taesa.

Ao G1, Nívea reconhece que o cargo não é ligado a sua formação, mas “está totalmente alinhado” ao seu MBA em Gestão de Projetos. Ela diz ainda que, por nunca ter trabalhado com engenharia química, não é registrada no Conselho Regional de Química.

Desde 2017, Leonardo é dono de uma empresa que presta consultoria e análise de contratos. No entanto, por não operar na área de construção, não tem registro no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Crea).

Auxílio emergencial

Extratos comprovam que o engenheiro civil recebeu uma parcela de R$ 600 do auxílio emergencial , medida econômica para dar suporte financeiro em meio a pandemia do novo coronavírus. No entanto, ele afirma que abriu mão do benefício quando conseguiu outro emprego.

"Eu fiquei desempregado durante alguns meses. Resolvi me inscrever no auxílio da pandemia para ter alguma renda para pagar a pensão do meu filho, que é de um relacionamento anterior. Assim que voltei a trabalhar, cancelei a inscrição", disse.

Discussão com fiscal

Casal ficou conhecido após repercussão de trecho em que brigam com fiscais da prefeitura do Rio de Janeiro. Nívea e Leonardo estavam em um bar no Leblon quando foram abordados por Flávio Graça, superintendente de Inovação, Pesquisa e Educação em Vigilância Sanitária, Fiscalização e Controle de Zoonoses.


Por conta da aglomeração que estava se formando no local, eles foram pedidos para que se retirassem do local. O casal discordou.

Ao defender o marido, que tenta tirar satisfação com o fiscal, Nívea afirma que “eles pagam o salário” dos fiscais. Ao abordar Leonardo como “cidadão”, ela disparou a frase: “Cidadão não, engenheiro civil, formado, melhor do que você”.

    Veja Também

      Mostrar mais