Lava do vulcão Cumbre Vieja, na Espanha
Reprodução/ TV Canarias
Lava do vulcão Cumbre Vieja, na Espanha


Não foram poucos os fenômenos naturais com poder de devastação ocorridos no mundo em 2021. Um deles gerou até temor no Brasil.

Foi o caso vulcão Cumbre Vieja, situado nas Ilhas Canárias, na ilha espanhola de La Palma. Em setembro, ele entrou em estado de alerta e oceanógrafos apontaram o risco de uma erupção explosiva provocar um tsunami que atingiria todo o Brasil, especialmente a costa do Nordeste.

Mas outros tantos especialistas logo trataram de ressaltar que essa era uma possibilidade remota, que foi posteriormente descartada. Quando finalmente entrou em erupção, em 19 de setembro, o vulcão provocou uma onda de destruição na ilha, o que fez com que mais de seis mil pessoas precisassem ser evacuadas , mas não houve danos diretos no continente americano .

Neste mês, após quase 100 explosões e tremores de terra, o Cumbre Vieja bateu recorde como erupção mais longa das Ilhas Canárias .

Leia Também

Leia Também

Porém, outros fenômenos fizeram mais do que assustar os habitantes do Brasil. Também em setembro, uma tempestade de areia atingiu o interior de São Paulo e cidades de Goiás, Minas Gerais e Mato Grosso . Pelo menos seis pessoas perderam a vida .

A meteorologista da MetSul, Estael Silva, explicou que esse fenômeno comum em países da Ásia pode ser causado por temporais de chuva com ventos fortes que criam uma espécie de  "rolo compressor" de sujeira ao entrar em contato com o solo seco e se deparar com resquícios de queimada, poeira e vegetação.

Mais recentemente, outro tipo de tempestade gerou desastres na Bahia. Um ciclone tropical que se formou no Oceano Atlântico provocou fortes chuvas no estado, especialmente nas regiões Sul, Sudoeste e no Extremo Sul.


Com isso, áreas precisaram ser evacuadas e mais de 10 pessoas morreram . O governo do estado declarou situação de emergência em 25 municípios ao mesmo tempo em que uma força-tarefa atua no resgate das pessoas que vivem nas regiões afetadas e famosos mobilizam doações.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários