Empresa que criou blog falso de Haddad fez vídeos e jogos da campanha de Serra

Soda Virtual, sediada em João Pessoa, é responsável pela criação de aplicativos e ferramentas usadas na campanha da web do tucano

Bruna Carvalho - iG São Paulo |

A Soda Virtual, empresa responsável pela criação de site falso da campanha de Fernando Haddad , desenvolveu algumas ferramentas usadas na campanha de José Serra (PSDB) na internet, como o Você no Clipe, que permite ao eleitor participar de um vídeo oficial da campanha tucana e o Missão Impossível, jogo que desafia os usuários a encontrarem obras do rival petista na capital paulista.

Leia mais:  PT quer enquadrar Serra por falsidade ideológica na criação de blog falso

Propagandas: Tom emotivo marca último programa na TV de Haddad e Serra

A empresa, sediada em João Pessoa, usa suas páginas no Twitter e no Facebook desde julho para destacar os aplicativos e ferramentas desenvolvidos para a campanha do tucano e reproduz links de reportagens em que suas criações para a campanha foram destacadas.

Até o momento, a Soda Virtual recebeu R$ 531 mil para realizar serviços de "criação e inclusão de páginas na internet", segundo prestações de contas feitas ao Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo.

Entre os projetos da empresa, está o jogo Tucaninho desenvolvido para iOS e Android. Nele, o pássaro símbolo do PSDB sobrevoa a cidade de São Paulo e tem seu trajeto prejudicado por construções e helicópteros.

Leia também: Soninha: 'Serra é um cara esquentado e cai fácil em provocação

Leia mais: Haddad acusa Serra de espalhar boatos e diz que tucano faz 'jogo rasteiro'

Um dos vídeos da campanha, intitulado Na Ponta do Lápis - Acessibilidade, contou com a participação de um funcionário da empresa, presidida por Huayna Batista Tejo. "Jardson Araújo, designer daqui da Soda (Virtual), participou desse vídeo super bacana da campanha de Serra", diz uma mensagem publicada no Twitter da empresa.

A c ampanha de Fernando Haddad (PT) protocolou uma petição hoje na Justiça Eleitoral pedindo que Serra seja investigado por supostos crimes pela veiculação de um blog falso em nome do petista.

O blog “Propostas Haddad 13” usava o mesmo padrão gráfico e logotipos da campanha petista para veicular falsas promessas do candidato. No dia 17, a campanha petista fez uma representação pedindo que o site fosse retirado do ar.

A campanha de Serra divulgou uma nota negando ter responsabilidade pelo falso blog e dizendo que só se manifesta na internet por meio do site oficial, Twitter e uma página no Facebook. A reportagem tentou entrar em contato com a empresa, mas não teve resposta.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG