PcdoB apoia candidatura de Fernando Haddad

Com acordo, PT conseguirá mais 35 segundos de tempo de TV e poderá diminuir ruído causado por aliança com Maluf

iG São Paulo e iG Brasília | - Atualizada às

O PCdoB declarou apoio ao pré-candidato Fernando Haddad (PT) neste sábado. Segundo membros da direção do partido no Estado de São Paulo, a expectativa é que o anúncio oficial seja feito na segunda-feira. 

Veja o especial sobre as eleições 2012

Saiba as últimas notícias das eleições em São Paulo

Alex Silva/Agência Estado
Fernando Haddad afirmou na sexta-feira que 'vice é uma escolha muito pessoal'


Poder Online:  E a candidatura de Netinho subiu mesmo no telhado

Na sexta-feira, o pré-candidato reagiu às declarações do advogado Luiz Flávio Borges D'Urso (PTB), de que foi convidado para ser vice na chapa petista e que o convite foi reforçado pelo deputado Paulo Maluf (PP), novo aliado do PT.

"Quem decide vice é o candidato. Quando eu convidar alguém, eu anuncio", declarou Haddad. "Vice é uma coisa muito pessoal."

A afirmação de Haddad, combinada com o núcleo da campanha, além de uma resposta a D'Urso, que disse ter recebido o convite do presidente do PT paulista, Edinho Silva, era também um sinal aos municipais do PSB e do PCdoB em função das pressões que vêm recebendo para a indicação do vice.

O PCdoB esperou entrar na chapa de olho na vaga. O presidente nacional do partido, Renato Rabelo, no entanto, já avisou o PMDB que não pôde ceder aos apelos do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para ingressar na campanha de Haddad. A equipe de Gabriel Chalita (PMDB) já dá a aliança como perdida.

O acordo com o PCdoB adicionará mais 35 segundos ao tempo de TV do PT e ajudará a diminuir o ruído causado pela aliança petista com Maluf.

O partido estuda a melhor forma de anunciar a saída de Netinho de Paula da disputa. Embora a candidatura continue colocada, líderes do partido já traçam uma estratégia eleitoral na qual o pagodeiro seria candidato a vereador.

*Com AE

    Leia tudo sobre: ptpcdobhaddadeleições2012sãopauloeleições2012

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG