Marco Archer Cardoso Moreira foi condenado por tráfico de drogas e será morto em breve

A Justiça da Indonésia autorizou a execução do brasileiro Marco Archer Cardoso Moreira, condenado à morte por tráfico internacional de drogas. O carioca de 50 anos será fuzilado juntamente com outros dois estrangeiros em um “futuro próximo”, segundo informações do jornal indonésio The Jakarta Post.

Moreira foi preso em 2003 ao tentar ingressar na Indonésia com 14 kg de cocaína. Nem os apelos do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva ao colega indonésio Susilo Bambang Yudhoyono conseguiram reverter a situação, por meio de um perdão presidencial.

“Temos preparado a execução em coordenação com relevantes ministros, embaixadores e as famílias”, afirmou ao Jakarta Post Andi DJ Konggoasa, responsável pela divisão geral de crimes.

O brasileiro será fuzilado juntamente com dois paquistaneses que foram presos por tráfico de heroína, em 2001. Todas as possibilidades de redução de pena foram negadas.


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.