TRT tem vagas em SP, MG e AL com salários de até R$ 22 mil; veja o que estudar

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Há vagas tanto para cargos que exigem formação em Direito como para outros que só pedem nível médio

O Tribunal Regional do Trabalho (TRT) está com vagas abertas para os cargos de juiz substituto, analista e técnico judiciário nos Estados de Minas Gerais, São Paulo e Alagoas. Os salários vão de R$ 4.635,03 (nível médio) a R$22.854,47 (juiz substituto). Em Alagoas, os candidatos devem ficar atentos: as inscrições vão até as 14h desta sexta-feira (20).

Conheça a nova home do Último Segundo

Getty Images
Para especialistas, estudantes devem manter foco nos estudos até durante as festas de fim de ano

Para quem vai tentar uma vaga, Mariele Batista, coordenadora do Atual Concursos, lembra que o primeiro passo é ler com atenção o edital do concurso, principalmente para os alunos que não vão procurar um curso preparatório. 

“O candidato tem que tomar cuidado para não pegar um livro de Direito, por exemplo, e estudar além do que é cobrado. Alguns tópicos não são cobrados nos editais e não dá para perder tempo estudando mais do que é pedido”, diz.

Diniz Raposo e Silva, diretor executivo da Consilia, explica que as disciplinas de conhecimentos específicos têm maior peso na prova. Por isso, vale investir nelas. "Em alguns cargos, o edital prevê que essas disciplinas tenham peso 3 vezes maior que as de conhecimentos gerais", afirma.

Raposo e Silva indica ainda que, como o concurso é para o Tribunal Regional do Trabalho, vale dar mais atenção às disciplinas de Direito de Trabalho, noções de Direito Processual do Trabalho, Direito Administrativo e Direito Constitucional.

"Elas podem ser estudadas até o dia da prova com uma rotina de 5h30 de estudo por dia, com 1 dia de folga por semana ou, para aqueles que não abrem mão do descanso de fim de semana, com uma dedicação de 7 horas por dia, com 2 dias de folga por semana", diz o diretor.

Rotina e festas de Fim de Ano

Mariele diz que é importante estabelecer uma rotina de estudos e mantê-la durante o período de festas de fim de ano. Para ela, o candidato deve separar algumas horas do dia para o estudo e estabelecer previamente quais matérias estudar.

“Aconselho estudar duas ou três matérias diferentes por dia. Tem que ter horários certos para o estudo e se organizar para que, no final do período, consiga revisar todas as disciplinas cobradas nos editais”, afirma.

São Paulo

Em São Paulo, os candidatos vão disputar 329 vagas em diferentes áreas e formação. Os salários podem ir de R$ 4.635,03 a R$ 9.188,20. As inscrições vão até as 14h do dia 17 de janeiro de 2014 e a prova está prevista para o dia 23 de fevereiro.

Confira aqui o Edital do TRT-SP

Para quem tem graduação em Direito, são dois cargos: analista judiciário (62 vagas, com salário de R$ 7.566,42) e analista judiciário – especialidade Oficial de Justiça (10 vagas, com salário R$ 9.188,20).

Além disso, há vagas para interessados que tenham graduação ou pós-graduação na área de Tecnologia da Informação (11 vagas), Medicina e pós-graduação em Medicina do Trabalho (1 vaga) , Psicologia (1), Enfermagem (2), Arquivologia (1), Arquitetura ou Engenharia com pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho (2) e outras 9 vagas para quem tiver curso superior em qualquer área. Quem tiver graduação em Medicina pode também prestar a prova para cadastro de reserva. A remuneração inicial para todas os cargos é de R$ 7.566,42.

Quem tem ensino médio completo também pode prestar o concurso. Há 190 vagas para técnico judiciário com salário de R$ 4.635,03 e 29 vagas para o cargo de técnico, com especialidade em segurança. Para tentar, o candidato precisa ter carteira nacional de habilitação, na categoria D ou E. O salário é de R$ 5.623,49.

Também há oportunidade para quem tem habilitação específica em cursos de Tecnologia da Informação (9) e certificado de curso técnico de enfermagem e registro no Conselho Regional da categoria (2). Os dois cargos têm remuneração de R$ 4.635,03.

Alagoas

Em Alagoas serão seis vagas para ensino superior, além de cadastro de reserva. As seis vagas para curso de graduação são dividas em: Direito, Estatística, Psicologia, Engenharia Civil e Medicina e pós-graduação em Psiquiatria. Haverá ainda o cadastro reserva para candidatos com curso de Direito, Contabilidade e para graduação em qualquer área de formação. As remunerações iniciais vão de R$ 7.566,42 a R$ 9.188,20 .

Confira aqui o edital do TRT-AL

O exame terá ainda uma vaga para técnico judiciário, que exige apenas a conclusão do Ensino Médio. A remuneração inicial é de R$ 4.635,03.

As inscrições devem ser feitas pela internet até as 14h desta sexta-feira (20). O preço da inscrição é de R$ 80,00 para os cargos de Analista Judiciário, todas as áreas e especialidades. Para o cargo de Técnico Judiciário, a taxa é de R$ 65,00.

A previsão é de que a prova seja aplicada no dia 26 de janeiro do próximo ano.

Minas Gerais

Minas Gerais também abriu inscrições para seis cargos de Juiz do Trabalho Substituto da 3ª Região, bem como para os que vierem a vagar ou forem criados durante o prazo de validade do concurso, que é de dois anos.

Confira aqui o edital do TRT-MG

As inscrições para o processo seletivo vão até o dia 9 de janeiro de 2014 e o valor da remuneração para o cargo é de R$22.854,47. O valor da taxa de inscrição é de R$ 160.

Além do concurso, para o ingresso na carreira, o candidato tem que ter ao menos três anos de atividade jurídica exercida após a obtenção do grau de bacharel em Direito.

A seleção terá cinco etapas: prova objetiva seletiva; duas provas escritas; sindicância da vida pregressa e investigação social, exames de sanidade física e mental e psicotécnico; prova oral; e avaliação de títulos.

Leia tudo sobre: concursotrt

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas