Bruce Lee em 15 curiosidades

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Morte do ator que se tornou lenda das artes marciais completa 40 anos neste sábado

A morte de Bruce Lee, uma das grandes lendas das artes marciais, completa 40 anos neste sábado (20). Nascido nos Estados Unidos e criado em Hong Kong, ficou conhecido pelas incríveis cenas de luta que protagonizava em filmes como "Operação Dragão" e "A Fúria do Dragão".

Mais: Legado de Bruce Lee provoca debate 40 anos após sua morte

Morte de Bruce Lee, lenda das artes marciais, completa 40 anos neste sábado. Foto: ReproduçãoO ator Bruce Lee. Foto: DivulgaçãoVan Williams e Bruce Lee devidamente uniformizados na série "O Besouro Verde", de 1966. Foto: Divulgação"O Besouro Verde" teve apenas uma temporada. Foto: DivulgaçãoBruce Lee já enfrentou outra lenda dos cinemas: Chuck Norris. Foto: ReproduçãoBruce Lee. Foto: DivulgaçãoBruce Lee, recriado por tecnologia  CGI para propaganda da marca de uísque Johnnie Walker. Foto: Reprodução / YouTubeBruce Lee, recriado por tecnologia  CGI para propaganda da marca de uísque Johnnie Walker. Foto: Reprodução / YouTube

Porém, existe mais na história de Bruce Lee do que seus movimentos de kung fu. O apelido feminino de "pequeno pavão", cunhado pela família, e o título no campeonato de Cha Cha de Hong Kong são algumas peculiaridades da vida do ator.

O iG selecionou 15 curiosidades sobre Bruce Lee.

1) Bruce Lee é norte-americano – e também um pouco alemão
Apesar de conhecido pelos filmes de artes marciais e de ter sido criado em Hong Kong, Bruce Lee não é chinês. O ator nasceu em San Francisco, na Califórnia, em 27 de novembro de 1940 e sua única cidadania foi a norte-americana. Além disso, possui ascendência alemã por parte de mãe.

2) Nasce o Dragão
Segundo a tradição chinesa, Bruce Lee nasceu na hora do dragão, entre as 6h e as 8h, no ano do dragão, 1940. A combinação dos sinais é vista como um bom presságio na tradição oriental.

3) Lee Jun Fan
A mistura entre o ocidente e o oriente já está no nome do lutador. "Bruce" foi escolhido por uma enfermeira que estava atendendo no hospital em que nasceu. “Jun Fan” foi o nome dado por sua mãe e significa “despertar e fazer Fan (no caso os EUA) próspero” – ela sentia que, depois de crescido, Bruce iria retornar aos Estados Unidos.

Siga o iG Cultura no Twitter

4) Apelido carinhoso
A família de Bruce Lee o chamava pelo apelido de “Sai Fon”, nome feminino que significa “pequeno pavão”. Isso porque seus pais acreditavam que os deuses não queriam meninos na família (o primeiro filho do casal morreu ainda jovem). Assim, ao chamar o filho por um nome de menina eles esperavam enganar as forças do mal.

5) Currículo
Ainda jovem, Bruce Lee não era um aluno exemplar. Aos 12 anos, em 1952, foi estudar na escola La Salle College, em Hong Kong – colégio de língua inglesa só para meninos. Devido ao fraco desempenho e um histórico de brigas e confusão, ele foi expulso depois de alguns anos.

6) Kung fu ou gung fu?
Bruce Lee sempre se referiu à sua arte marcial como gung fu em vez de kung fu. A explicação: as duas têm o mesmo significado, porém, quando escrita com “g”, a palavra faz referência à pronúncia em cantonês e, quando se usa o “k” – a forma mais conhecida –, é indicativo da pronúncia em mandarim.

7) Mestre Yip Man
Foi aos 13 anos que Bruce Lee se tornou aluno do Mestre Yip Man, professor do estilo Wing Chun do gung fu. Mas, no começo de seu treino, o jovem usava sua força para derrotar seus adversários. Foi por meio dos ensinamentos de Yip Man que Lee entendeu que a arte marcial lhe dava a confiança necessária para não ter que defender sua honra por meio de lutas.

Reprodução
Bruce Lee

8) Bruce Lee lutava boxe...
Além de praticar artes marciais, Bruce Lee também era um ótimo boxeador. Em 1958, aos 18 anos, ele foi o campeão do Campeonato Interescolar de Boxe. Ele venceu a luta final por nocaute.

9)....e dançava cha cha.
Também aos 18 anos, Bruce foi declarado vencedor do campeonato de cha cha de Hong Kong de 1958. Ele treinava seus passos de dança com tanto empenho quando seus golpes de gung fu, e mantinha um caderno com mais de 108 movimentos de cha cha.

10) Ator mirim
As primeiras aparições de Bruce Lee na televisão aconteceram na infância. Seu primeiro papel foi ainda bebê, e aos 18 anos já tinha 20 filmes no currículo. Seu nome artístico era Li Xiaolong (“pequeno dragão”).

11) De volta aos Estados Unidos
Bruce Lee voltou aos Estados Unidos em 1959, onde passou a morar em São Francisco, cidade onde nasceu. Porém, não foi o gung fu que o ajudou a se manter no novo país – e sim o cha cha. Seu primeiro trabalho foi como um instrutor de dança.

12) Aluno de filosofia
Porém, Bruce Lee não ficou na Califórnia por muito tempo. Logo ele se mudou para Seattle, onde ingressou na Universidade de Washington. Graças a seu interesse por gung fu, ele escolheu filosofia como curso. Foram nos anos de faculdade que conheceu a mulher, Linda Emery, e criou o Instituto Jun Fan Gung de Fu – escola de artes marciais que o ajudou a pagar pelos estudos.

13) A estreia na TV Americana
O primeiro papel de Bruce Lee na TV americana foi na série “The Green Hornet” (“O Besouro Verde”), de 1966. Com apenas uma temporada o programa não foi um sucesso, mas Lee provou ser um bom ator quando, mesmo no papel coadjuvante, chamou mais atenção do que o protagonista (Van Williams)

14) Alunos famosos
Como o começo da carreira de ator foi um pouco devagar, Lee dava aulas de gung fu para celebridades como forma de ganhar dinheiro. Steve McQueen, James Coburn e James Garner foram alguns de seus alunos.

15) A morte antes de “Operação Dragão”
Foi com o filme “Operação Dragão”, de 1973, que Lee alcançou o sucesso no mundo e virou uma lenda das artes marciais. Porém, o ator morreu apenas seis dias antes do lançamento do longa, no dia 26 de julho, em decorrência de um edema cerebral agudo.

Leia tudo sobre: bruce leecuriosidadesmorte40 anos

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas