Por volta das 11h, voltou a operar a Marechal Deodoro; Linha-4 deve ter mudanças no embarque e desembarque às 16h

No terceiro dia de greve, o Metrô de São Paulo registrava, por volta das 12h deste sábado (7), 34 das 65 estações em funcionamento parcial. A última estação aberta foi a Marechal Deodoro, o que ampliou o funcionamento da Linha-3 Vermelha, a mais movimentada da capital paulista. 

Hoje: Metrô de São Paulo tem três linhas funcionando parcialmente no 3º dia de greve

Estação de Metrô permaneceu fechada na manhã deste sábado (7) em São Paulo
Futura Press
Estação de Metrô permaneceu fechada na manhã deste sábado (7) em São Paulo


Ontem: Segundo dia de greve do Metrô tem 36 estações abertas em São Paulo

No total, são oito estações abertas na Linha 1-Azul, seis na Linha 2-Verde, oito na Linha 3-Vermelha e seis nas Linhas 4-Amarela e 5-Rubi - ambas em total funcionamento durante a atual paralisação.

A 1-Azul opera no trecho entre as estações Ana Rosa e Luz; a 2-Verde, entre Ana Rosa e Clínicas; e a 3-Vermelha, entre o trecho Bresser-Mooca e Marechal Deodoro. As linhas iniciaram as atividades as 6h25 e devem encerrar a circulação às 23h - duas horas antes do horário normalmente usado aos sábados.

Operando sob concessão, a Linha 4-Amarela funciona normalmente, mas haverá mudança na operação de embarque e desembarque na estação Paulista a partir das 16h. Os passageiros usarão a mesma plataforma para embarque e desembarque nos dois sentidos da linha. A Linha 5-Lilás funciona sem alterações. A estação Ana Rosa só começou a funcionar por volta de 8h50 deste sábado.

Bombas de efeito moral: Policiais e manifestantes entram em confronto em estação

CPTM

Por causa da greve, a CPTM, Companhia Paulista dos Trens Metropolitanos, manterá o esquema de funcionamento que começou com o início da greve. O número de trens aumentou em todas as linhas e haverá menor intervalo entre eles do que nos dias normais.

A operação da linha 7-rubi (Luz-Francisco Morato) será estendida até a estação Brás. As integrações com o Metrô nas estações Palmeiras-Barra Funda, Brás, Tamanduateí, Santo Amaro, Tatuapé e Luz ficarão fechadas. Já a interligação com a linha 4-amarela - estações Pinheiros e Luz - funcionará normalmente.

Trânsito

A cidade de São Paulo registrou até as 11h20 72 km de lentidão, segundo a CET, Companhia de Engenharia de Tráfego. A média para o horário nos sábados é de até 2,5% nas vias.

Trânsito: São Paulo tem novo recorde de lentidão das manhãs em 2014

Regiões das zonas norte e oeste apresentaram 25 km de congestionamentos e eram as que mais tinham problema. A marginal Tietê tem 31 km de lentidão no sentido rodovia Ayrton Senna e 18 km no sentido rodovia Castello Branco.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.