Manifestantes em Porto Alegre pedem redução da tarifa e protestam contra Copa

Por Agência Estado | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Convocados pelas redes sociais, participantes começaram a se reunir por volta das 18 horas e também reivindicam mais verbas para a saúde e educação no Brasil

Agência Estado

Centenas de jovens se concentram diante do prédio da prefeitura de Porto Alegre para mais uma manifestação pela redução do valor das tarifas do transporte urbano, contra a Copa do Mundo e para pedir mais verbas para saúde e educação no Brasil.

Dilma sobre os protestos: ‘É próprio dos jovens se manifestarem’

Futura Press
Protesto contra o aumento das passagens de ônibus, trens e metrô, em Porto Alegre (RS)

Em Brasília: Mais de 5 mil protestam no DF e invadem o Congresso Nacional

Convocados pelas redes sociais, os participantes começaram a se reunir por volta das 18 horas e devem sair em passeata pelas ruas centrais e do bairro Cidade Baixa ainda na noite desta segunda-feira.

A caminhada, a exemplo das anteriores, tende a receber adesões e chegar ao final com milhares de pessoas. Na noite de quinta-feira, 13, houve depredações e 23 manifestantes foram detidos.

Em Porto Alegre, a prefeitura reajustou a tarifa de R$ 2,85 para R$ 3,05 no dia 22 de março, mas voltou ao valor anterior em 5 de abril, por decisão da Justiça, que concedeu liminar em ação movida por dois vereadores do PSOL.

Leia também: Em Belo Horizonte, PM dispara bombas de gás contra manifestantes

Governo de São Paulo: Alckmin proíbe balas de borracha em manifestações

Depois disso, o governo federal desonerou impostos sobre componentes de custos do transporte coletivo. Em 13 de junho, o Tribunal de Contas do Estado determinou que a Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) mantenha os R$ 2,85.

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas