Ceará tem criança com suspeita de raiva humana

O menino de nove anos foi mordido por um sagui, mas Ministério ainda não confirmou o diagnóstico; em 2010, duas pessoas morreram com a doença no Estado

Daniel Aderaldo, iG Ceará |

Uma criança de nove anos de idade está internada em um hospital do município de Barbalha, no Cariri cearense, com suspeita de ter contraído raiva, após ser mordida por um sagui – também conhecido como sonhim.

O menino foi mordido pelo animal silvestre há 30 dias no município de Jati (a 524 quilômetros de Fortaleza). Primeiro, ele foi internado em um hospital do município vizinho de Brejo Santo, mas em seguida foi transferido para o Hospital São Vicente, em Barbalha, onde se encontra internado em coma induzido, de acordo com a direção do hospital.

Veja vídeo: Paciente com raiva sai da UTI em 2009

Segundo a Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), os exames clínicos realizados pelos médicos do hospital e pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Ceará (Lacen) apontam para o diagnóstico de raiva humana.

O Ministério da Saúde está acompanhando o caso. A Unidade Técnica de Vigilância de Zoonoses, da Secretaria de Vigilância de Vigilância em Saúde, informou que somente um exame realizado em São Paulo irá confirmar ou não o diagnóstico da doença. O resultado deve sair até a próxima sexta-feira (9).

Em 2010, duas pessoas morreram vítimas da doença no Ceará. Uma criança de 11 anos, também foi mordida por um sagui, no município de Ipu. O segundo caso foi de um homem de 26 anos. Ele contraiu a raiva humana após ser mordido por um cão, no município de Chaval.

A raiva é uma doença transmitida quando o vírus presente na saliva do animal infectado entra no organismo da pessoa.

    Leia tudo sobre: raiva humana

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG