Eduardo Leite, Arthur Virgílio e João Doria juntos nas prévias do PSDB; os três buscam concorrer ao Planalto em 2022
Divulgação/PSDB
Eduardo Leite, Arthur Virgílio e João Doria juntos nas prévias do PSDB; os três buscam concorrer ao Planalto em 2022


Desde o início da manhã deste domingo (21), políticos tucanos credenciados para votar no primeiro turno das prévias do PSDB enfrentam dificuldades com o aplicativo da eleição. De acordo com o Diretório Estadual do PSDB de São Paulo, o problema atinge cerca de 26 mil credenciados (62%) apenas no território paulista.

O pleito teve início às 7h, mas a partir das 8h começaram os relatos de instabilidade no app, o que provocou a extensão do horário de votação - antes previsto das 7h às 15h e agora até às 18h. Mesmo com a prorrogação do prazo, o problema persiste e há políticos que falam em desistir de registrar o voto.


"Não deixe de tentar! É sua única chance de votar no futuro do PSDB", clama o diretório da legenda no Rio Grande do Sul em postagem no Instagram. O grupo explica que a instabilidade é decorrente do "grande número de acessos" no aplicativo.

Leia Também



Já o diretório paulista se pronunciou por meio de nota enviada à imprensa. "O Diretório Estadual do PSDB de São Paulo já requereu providências e aguarda que o sistema de votação das prévias nacionais seja retomado o mais brevemente possível, evitando, assim, prejuízo enorme para o filiado exercer seu direito ao voto", dizem o presidente da Executiva estadual, Marco Vinholi, e o presidente municipal, Fernando Alfredo.


Doria x Leite

Três tucanos concorrem nas prévias - o governador de São Paulo, João Doria, o governador do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio -, mas a disputa está acirrada entre os dois primeiros . O mais votado deve representar o partido na eleição para a Presidência da República em 2022.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários