Bolsonaro vai indicar ministro do TCU para ser embaixador em Portugal até sexta
Reprodução
Bolsonaro vai indicar ministro do TCU para ser embaixador em Portugal até sexta

presidente Jair Bolsonaro (sem partido) deve assinar e enviar ao Senado Federal ainda nesta semana, provavelmente nesta quinta-feira (18), a indicação do ministro do TCU, Raimundo Carreiro, para ser embaixador do Brasil em Portugal. A manobra, já informada a membros do próprio TCU e do Senado, é uma jogada política do governo para ter mais influência na corte.

A indicação faz parte da estratégia do governo federal para tentar ampliar sua influência no TCU. Isso porque, com a saída do ministro, o governo vai poder influenciar na escolha do substituto dele no tribunal.

A previsão é que Carreiro seja sabatinado na Comissão de Relações Exteriores do Senado já na próxima quinta-feira (25), junto a indicados por Bolsonaro a outras embaixadas. Em seguida, a escolha será analisada pelo plenário da Casa.

Raimundo Carreiro poderia ficar no tribunal até 6 de setembro de 2023, quando completará 75 anos, o que o obrigaria a se aposentar compulsoriamente. No TCU, Carreiro já era considerado um ministro alinhado ao governo federal.

Recentemente, ele conseguiu aprovar no tribunal um relatório validando a proposta do governo para a licitação do 5G no país. Ele também é relator de uma representação feita pela oposição que questiona o chamado orçamento secreto.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários