Bolsonaro alega que houve fraude nas duas últimas eleições para presidente, mas nunca apresentou qualquer prova; o presidente defende a impressão dos votos
undefined
Bolsonaro alega que houve fraude nas duas últimas eleições para presidente, mas nunca apresentou qualquer prova; o presidente defende a impressão dos votos

O Rede, partido do senador  Randolfe Rodrigues (AP), apresentou um pedido ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que a Corte ordene que Bolsonaro apresente provas das  alegações que tem feito sobre fraudes eleitorais no Brasil.

Durante live transmitida ontem (17) nas redes sociais, o presidente disse que houve fraude nas eleições de 2018 . Segundo ele, sua chapa recebeu voto suficiente para ser eleita em primeiro turno. Ele não apresentou nenhuma prova ou evidência do que alegou. (Veja o vídeo abaixo).

Em mais de uma oportunidade, Bolsonaro disse, também, que Aécio Neves (PSDB) teria vencido a disputa contra Dilma Rousseff (PT) . Também não há nenhum tipo de prova sobre fraude eleitoral em 2014.

“Tenho convicção de que realmente tem fraude. As informações que nós temos aqui, um dia a gente quem sabe a gente vai disponibilizar, é que o Aécio ganhou em 2014, é que eu ganhei em 2018 em primeiro turno”.

A Rede também pede que Bolsonaro seja enquadrado nos crimes de desobediência e de prevaricação.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários