Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) na CPI da Covid
Marcos Oliveira/Agência Senado
Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ) na CPI da Covid


Durante a sessão da CPI da Covid nesta sexta-feira (18), o senador Flavio Bolsonaro (Patriota-RJ), pediu aos membros da Comissão para que o relator Renan Calheiros (MDB-AL) seja afastado. O filho do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse que o fato de  Calheiros ter deixado a oitiva nesta manhã foi um "desrespeito com o Senado Federal".

"Queria solicitar que alguém protocolasse o requerimento para que se discutisse a destituição do senador Renan Calheiros da relatoria dessa CPI", disse Flavio. "O que aconteceu hoje, essa postura do senador Renan Calheiros em especial, de se levantar da CPI, é um desrespeito não apenas com as pessoas que estão aí hoje para falar e que eu estão dando uma aula para o Brasil, mas a todos os membros da CPI, um desrespeito ao Senado Federal", continuou.

De acordo com ele, a postura de Calheiros foi uma constatação de que "ele não tem a menor possibilidade de continuar nessa relatoria".

Assista:

Você viu?






Nesta manhã, Renan Calheiros deixou a Comissão após se recusar a questionar os depoentes . Hoje, a CPI da Covid ouve dois médicos, Ricardo Zimerman e Francisco Cardoso , apoiadores do "tratamento precoce" com o uso de medicamentos não comprovados cientificamente contra a infecção pelo novo coronavírus.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários