General Santos Cruz disse que militares não vão se curvar à tentativa de Bolsonaro de
Flickr Monusco
General Santos Cruz disse que militares não vão se curvar à tentativa de Bolsonaro de "politizar os quartéis"

O ex-ministro da Secretaria de Governo de Bolsonaro, general Santos Cruz , disse nesta terça-feira que atitude do presidente da República de  trocar três comandantes do Exército desrespeita e ofende as Forças Armadas.

“Reforma ministerial é normal. O que não é normal é, nesse contexto, trocar os comandantes das três forças. Esse tipo de saída é falta de consideração funcional, é desrespeito e ofensa às Forças Armadas”, disse o general da reserva à CNN Brasil.

O general diz que o intuito de Bolsonaro é politizar os quartéis, mas reforça que não terá êxito na jornada. "As Forças Armadas não têm a característica de se encantar por tentativas de politização. É uma investida que não penetra dentro da estrutura”, avaliou.



Suposta fraude eleitoral

Santos Cruz também criticou as ilações de Bolsonaro sobre uma possível fraude nas eleições de 2018, que o elegeram . O presidente nunca apresentou qualquer prova ou indício de que houve fraude.

“Dizer ‘eu ganhei no primeiro turno e teve fraude’ não é corriqueiro. Tem que provar isso, tentar desacreditar o sistema não pode. Ou apresenta as provas ou deve responder uma investigação pelo TSE”, disse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários