homens apertando mãos
Palácio do Planalto
Temer foi convidado por Jair Bolsonaro para liderar a missão

A Justiça Federal autorizou nesta segunda-feira (11) a viagem do ex-presidente Michel Temer para Beirute , no Líbano, que foi atingida por uma grande explosão no último dia 4 de agosto .

Temer, que é filho de libaneses, foi escolhido pelo atual presidente da República, Jair Bolsonaro, para chefiar uma missão oficial do Brasil no país asiático. A viagem vai ser realizada entre os dias 12 e 15 de agosto e foi autorizada pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro.

O ex-presidente é réu em duas ações penais que foram investigadas na Operação Descontaminação. Por conta disso, Temer não pode realizar viagens para fora do país.

Além de Temer, a missão de ajuda ao Líbano ainda contará com a participação de mais 12 pessoas. A explosão de mais de 2 mil toneladas de nitrato de amônio, em 4 de agosto, que matou pelo menos 2020 pessoas e feriu mais de 7 mil, além de devastar parte de Beirute.


    Veja Também

      Mostrar mais