Jair Bolsonaro convidou o ex-presidente Michel Temer para liderar missão ao Líbano.
Wilson Dias/Agência Brasil
Jair Bolsonaro convidou o ex-presidente Michel Temer para liderar missão ao Líbano.

Em entrevista à CNN Brasil, o ex-presidente Michel Temer declarou que, para além de oferecer ajuda humanitária, a  missão no Líbano tentará fazer com que o Brasil entre em um "processo de mediação para resolver as questões internas" no país do Oriente Médio.

Temer, convidado para chefiar a missão , disse que o governo brasileiro decidiu “muito adequadamente” enviar medicamentos e alimentos para o Líbano.

O ex-presidente também comentou sobre as dificuldades políticas que o governo libanês vem enfrentando. Para ele, o Brasil “tem condições e pode colaborar para uma pacificação interna no Líbano”.

Temer tem certeza de que, independente do dia, o Brasil estará presente no Líbano “cumprindo essa tarefa humanitária e essa tarefa política ”.

Ele afirmou, ainda, que  “o governo está empenhado em ajudar esta pacificação” e disse ter ficado surpreso com o convite para liderar a missão do Brasil ao Líbano .

    Veja Também

      Mostrar mais