serra
Roque de Sá/Agência Senado
José Serra (PSDB-SP) teve acusaão suspensa por juiz

O juiz federal Diego Paes Moreira, que havia aceitado a denúncia do Ministério Público Federal (MPF) contra José Serra, nesta quinta-feira (29), decidiu suspender, nesta quinta-feira (30), a ação contra o senador e ex-governador de São Paulo e sua filha, Verônica Serra, por lavagem de dinheiro.

A decisão ocorreu após o presidente do  Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, ordenar a suspenção de todas as investigações da Lava Jato sobre a campanha de Serra.

A Justiça Federal havia aceitado a denúncia feita pelo MPF contra Serra, por entender que ele participou de um esquema de lavagem de dinheiro com a empreiteira Odebrecht. A filha de Serra e um amigo, segundo as investigações, abriram contas no exterior, com nomes falsos, para receber o dinheiro de desvios provenientes das obras do Rodoanel sul.

Além disso, valores depositados também ajudaram na campanha eleitoral de Serra para o governo de SP. Somados os valores, Serra e Odebrecht teriam movimentado cerca de R$ 27,5 milhões.

Ainda ontem, o presidente do STF, Dias Toffoli, decidiu suspender todas as investigações da Lava Jato sobre a campanha de Serra. A defesa de José Serra foi direto ao STF e argumentou que o senador tem direito ao foro privilegiado, ou seja, só poderia ser processado no âmbito do Supremo.

    Veja Também

      Mostrar mais