Tamanho do texto

Após ter colocado uma sonda nasogástrica para melhorar o quadro clínico do presidente, Carlos Bolsonaro afirma que o pai está se recuperando bem

Jair Bolsonaro fez um vídeo para falar sobre a cirurgia pela qual passou na manhã de segunda-feira (28) em São Paulo
Reprodução/Twitter
Jair Bolsonaro fez um vídeo para falar sobre a cirurgia pela qual passou na manhã de segunda-feira (28) em São Paulo

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) já está se sentindo melhor neste domingo (3) após ter passado mal no sábado (2), de acordo com o filho e vereador carioca Carlos Bolsonaro (PSC).

Leia também: Bolsonaro começa a recuperar movimentos intestinais, quatro dias após cirurgia

Ele acompanha o pai no hospital Albert Einstein, em São Paulo, onde está Jair Bolsonaro desde a última segunda-feira (28), e agora se recupera da cirurgia para retirada da bolsa de colostomia e reconstrução do trânsito intestinal.

“Hoje meu pai acordou bem e animado! Agradeço aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas e todos os envolvidos em sua melhora! Pela manhã só notícias boas! Muito obrigado a todos pelas orações e carinho! Um forte abraço a todos e até mais tarde!”, publicou Carlos Bolsonaro nesta manhã, em sua conta no Twitter.



No dia anterior, os médicos precisaram colocar uma sonda nasogástrica para melhorar o quadro clínico do presidente, que está no sexto dia de internação. No entanto, de acordo com o último boletim médico divulgado ontem, não há outras alterações sobre a situação da saúde de Bolsonaro.

“O excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, permanece internado no Hospital Israelita Albert Einstein. Mantém-se sem dor, afebril e com exames laboratoriais normais. Encontra-se com sonda nasogástrica devido a episódio de náuseas e vômito. Continua em jejum e nutrição parenteral exclusiva."

O documento ainda afirma que "por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas". O boletim é assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, cirurgião; Leandro Echenique, clínico e cardiologista; e Miguel Cendoroglo, Diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Apesar dos bons resultados das avaliações e boa evolução clínica, o presidente não deve despachar durante o final de semana e precisa seguir em repouso, tendo sido, inclusive, proibido de assistir ao jogo entre Palmeiras - seu time do coração - e Corinthians pelo Campeonato Paulista que aconteceu no sábado para “evitar emoções”.

Recuperação de Jair Bolsonaro

Jair Bolsonaro chegou a despachar do hospital durante a semana:
Divulgação/Presidência
Jair Bolsonaro chegou a despachar do hospital durante a semana: "O trabalho não pode parar"

Segundo o boletim médico divulgado na sexta-feira (1º), o presidente "já apresenta sinais de início dos movimentos intestinais". "Segue com dieta parenteral (endovenosa) exclusiva, sem infecção ou outras complicações. Realiza fisioterapia respiratória e períodos de caminhada fora do quarto. Por ordem médica, o paciente segue com visitas restritas."

No mesmo dia Bolsonaro teve uma reunião por videoconferência com o ministro da Segurança Institucional , general Augusto Heleno. Apesar de a conversa ter durado apenas dez minutos, a equipe médica do presidente o repreendeu pelo esforço.

Segundo a assessoria de imprensa da Presidência da República, se houver liberação médica, o presidente deve receber alguns ministros no hospital em que está internado na próxima semana. O general Augusto Heleno e o vice-presidente Hamilton Mourão devem ir a São Paulo para se reunir com o presidente .

Jair Bolsonaro também foi desaconselhado a assistir televisão, por isso, acompanhou apenas uma parte das eleições para as mesas diretoras da Câmara e do Senado , que ocorreram nesta sexta-feira (1ª).

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.

    Notícias Recomendadas