ONU solicita investigação independente em apuração das mortes em São Gonçalo, no Rio de Janeiro
Reprodução/redes sociais
ONU solicita investigação independente em apuração das mortes em São Gonçalo, no Rio de Janeiro

Organização das Nações Unidas (ONU), através de seu Alto Comissariado para Direitos Humanos, realizou um apelo nesta terça-feira (23) para que ocorra uma investigação independente e "imparcial" sobre as mortes registradas no  Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo, no Rio de Janeiro. As informações são do jornalista Jamil Chade.

Marta Hurtado, porta-voz da entidade, afirmou que o escritório da corporação "pediu ao Ministério Público que conduza uma investigação independente, completa, imparcial e eficaz sobre essas mortes, de acordo com padrões internacionais".

Os corpos foram encontrados um dia após a operação do Batalhão de Operaçoes Especiais e teriam ocorrido após a morte do Sargento da PM, Leandro da Silva - atacado a tiros no último sábado (20).


Segundo o órgão mundial, é necessário que as autoridades entendam que o uso da força só poderá ser realizado quando "estritamente necessário" desde que respeitem os princípios da "legalidade, precauçção, proporcionalidade e necessidade".

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários