Polícia Civil investiga conselheiro tutelar que tirou foto da filha armada
Reprodução
Polícia Civil investiga conselheiro tutelar que tirou foto da filha armada

Um conselheiro tutelar está sendo investigado pela  Polícia Civil de Goiás apos tirar uma foto de sua filha - de quatro anos de idade - com uma arma de fogo em suas mãos. A imagem teria sido enviada à mãe da criança - sua ex-esposa - que já possui uma medida protetiva contra o homem. As informações são do portal Metrópoles.

Segundo Luiz Gonzaga, delegado responsável pela apuração do caso, o suspeito encontra-se foragido e já possui outras denúncias de violência doméstica. O caso ocorreu na cidade de Jandaia, centro de Goiás.

"Essa situação foi registrada na Polícia Civil, mas já constam registros anteriores que envolvem ameaça por parte desse homem e também a questão da arma de fogo que ele teria entregado a filha. São duas situações distintas, que envolvem violência doméstica e já estão sob investigação", explica Gonzaga.


Segundo o investigador, o rapaz teria realizado disparos de arma de fogo no local de trabalho da ex-esposa na última sexta-feira (12). A mulher se trancou no banheiro e acionou a Polícia Militar, que a levou para sua residência.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários