Atirador cometeu suicídio em seguida
Reprodução / Record TV
Atirador cometeu suicídio em seguida

Um homem foi  assassinado e uma mulher baleada em uma fábrica de brinquedos no Itaim Paulista, na zona leste de São Paulo, nessa segunda-feira (8). O atirador cometeu suicídio após o crime. 

Testemunhas ouviram ao menos seis disparos e acionaram a Polícia Militar por volta das 17h15. Quando os agentes chegaram ao local, encontraram duas vítimas caídas, com perfurações causadas pelos disparos.

Além disso, a dona da fábrica pedia socorro e tinha dois ferimentos na perna. De acordo com ela, Fábio Oliveira dos Santos havia atirado em seu ex-chefe após saber que sua filha poderia ter sido assediada sexualmente por ele meses atrás.

Leia Também

Ela afirmou que teria sido baleada quando tentava apartar a discussão entre eles. Em seguida, o responsável pelo crime atirou contra a própria cabeça.

As vítimas e o acusado foram socorridos e levados ao Hospital Santa Marcelina, no Itaim Paulista, mas Fábio e o ex-chefe morreram após da entrada no pronto-socorro. A mulher foi levada ferida ao hospital e, de acordo com o portal R7 , não corre risco de morte. 

O delegado Wendel Chaves, do 50º Distrito Policial, no Itaim Paulista, afirmou não ter registro de boletim de ocorrência sobre o suposto assédio e nenhuma informação sobre a possível vítima.

O caso foi registrado no 50º Distrito Policial do Itaim Paulista.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários