No Twitter, Lula diz ser fundamental derrotar a extrema direita
Reprodução/Twitter
No Twitter, Lula diz ser fundamental derrotar a extrema direita

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  (PT) declarou, nesta quinta-feira (21), apoio a Emmanuel Macron no segundo turno das eleições presidenciais francesas, que será realizado neste domingo (24).

Em uma série de posts feitos no Twitter, Lula ressaltou que a democracia está em jogo no mundo e que é necessáirio estar ao lado daqueles que defendem a liberdade, a igualdade e os direitos humanos. 

A adversária de Macron na corrida eleitoral é a candidata de extrema direita Marine Le Pen, que já foi derrotada pelo atual presidente francês nas eleições realizadas em 2017.


Leia Também

Nas suas postagens, o ex-presidente do Brasil também destacou a necessidade de combater a extrema direita, assim como os discursos de ódio disseminados por políticos que defendem esses ideais. 

A última pesquisa divulgada nesta quinta-feira pelo Instituto Ipsos aponta que Macron ampliou sua vantagem e aparece com 57,5% das intenções de voto dos franceses contra 42,5% de Le Pen. 

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários