G7 pede suspensão da Rússia de conselho da ONU
Reprodução/Flickr
G7 pede suspensão da Rússia de conselho da ONU

O G7 pediu a suspensão da Rússia do Conselho de Direitos Humanos da ONU, medida que deve ser votada nesta quinta-feira (7) pela Assembleia-Geral das Nações Unidas.

Em comunicado, os ministros das Relações Exteriores de Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido dizem estar "convencidos" de que é o momento de suspender a Rússia do conselho devido às "atrocidades" cometidas durante a invasão à Ucrânia.

Além disso, os países do G7 prometem que os responsáveis pelo massacre de civis em Bucha, cidade dos arredores de Kiev recém-libertada das tropas russas, serão "responsabilizados e processados".

"As imagens inquietantes de civis mortos, vítimas de tortura e aparentes execuções, assim como os relatos de violência sexual e destruição de infraestrutura civil, mostram a verdadeira face da brutal guerra de agressão russa contra a Ucrânia e seu povo", diz o comunicado do G7.

Leia Também

Até o momento, a Rússia perdeu todas as votações na Assembleia-Geral da ONU sobre a guerra na Ucrânia por ampla maioria, inclusive em uma que aprovou uma resolução condenando a invasão.

O Conselho de Direitos Humanos é formado por 47 membros não-permanentes, e o mandato da Rússia no órgão termina em 2023, assim como o da Ucrânia.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários