Oito pessoas morreram no ataque russo ao shopping em Kiev, na Ucrânia
Reprodução/R7 20.03.2022
Oito pessoas morreram no ataque russo ao shopping em Kiev, na Ucrânia

O primeiro-ministro da Ucrânia, Denys Shmyal, deu uma entrevista nesta quinta-feira (7) e informou que Kiev estima que a guerra iniciada pela Rússia custará mais de US$ 1 trilhão (cerca de R$ 4,7 milhões) em danos para o país.

"As perdas diretas em março, segundo a Escola de Economia de Kiev do Ministério da Economia, subiram para mais de US$ 560 bilhões. Além disso, se calcularmos as perdas do PIB em longo prazo, dado que destruíram as instalações de produção e se destruiu a infraestrutura, a quantidade de perdas supera significativamente o trilhão de dólares. Isso é o que o nosso país perderá", disse Shmyal à "BBC News Ukraine" e ao portal "Ukrinform".

Para chegar ao valor, o premiê explicou que existem cálculos simples - como no caso da destruição de uma ponte específica, quando "calculamos o custo de restauração e estimamos a destruição da infraestrutura física" - e que há perdas calculadas num prazo maior.

"Há ainda perdas comerciais por tempo de inatividade. Por exemplo, se fecham os portos marítimos, se eles destroem as estações de ferrovias e se destroem a infraestrutura energética. Todos esses custos somam enormes montantes", acrescentou aos portais.

Diversos países ocidentais, entre eles os membros da União Europeia, o Reino Unido e os Estados Unidos, prometeram ajudar os ucranianos a fazer a reconstrução do país após o fim da guerra iniciada pelos russos em 24 de fevereiro.

No entanto, os ataques ainda não pararam e as negociações para um acordo de cessar-fogo seguem sem grandes resultados positivos.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários