Ucrânia denuncia que russos escavaram trincheiras perto de Chernobyl
Reprodução 07/04/2022
Ucrânia denuncia que russos escavaram trincheiras perto de Chernobyl

Exército ucraniano compartilhou nesta quarta-feira imagens feitas por um drone que seriam a prova de que russos escavaram trincheiras na Floresta Vermelha, um dos locais mais radioativos do planeta, na zona de exclusão de Chernobyl. O local fica a apenas 500 metros da unsina nuclear.

"Vídeo prova que o comando russo ordenou que seus soldados cavassem trincheiras perto da usina nuclear de Chernobyl, na radioativa Floresta Vermelha, em março de 2022. A completa negligência da vida humana, mesmo dos próprios subordinados, é como atua um estado assassino", compartilhou o Ministério da defesa no Twitter.

As tropas russas tomaram Chernobyl no início da invasão na Ucrânia, em 24 de fevereiro, e partiram na semana passada, conforme a empresa nuclear estatal ucraniana Energoatom.

Durante a invasão, a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA), deixou, a partir de 9 de março, de receber dados diretamente de Chernobyl. A ausência de rodízio de funcionários da usina, que só ocorreu uma única vez, em 20 de março, também causou preocupações.

A região foi palco do pior desastre nuclear civil da história quando o reator 4 explodiu em 1986. O local está coberto por um duplo sarcófago, um construído pelos soviéticos, agora danificado, e outro mais moderno, inaugurado em 2019. Os outros três reatores da usina foram progressivamente fechados após a catástrofe.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários