Após batalha, russos tomam o controle da maior usina nuclear da Europa
Reprodução/YouTube/Autoridade Nuclear Ucraniana
Após batalha, russos tomam o controle da maior usina nuclear da Europa

Tropas da Rússia tomaram o controle, na madrugada desta sexta-feira (4),  da maior usina nuclear da Europa, que fica na cidade ucraniana de Zaporizhzhia. Um incêndio começou no local durante a invasão do perímetro da usina por militares da Rússia, mas foi controlado.

Segundo a agência nuclear da Ucrânia, não houve aumento nos níveis de radiação e o fogo já foi extinto. A tomada da usina pelos russos era monitorada pela comunidade internacional, uma vez que, caso o incêndio comprometesse a segurança do local, poderia acontecer uma explosão 10 vezes maior que a do acidente em Chernobyl.

O bombardeio russo havia atingido um prédio de treinamento e um laboratório do complexo nuclear de 6.000 megawatts. O Ministério da Defesa da Rússia culpou o ataque no local da usina a sabotadores ucranianos, chamando o ato de uma "provocação monstruosa".

Reação

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou que vai solicitar uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU para discutir a situação no complexo nuclear, exposto a um risco de vazamento de radiação por causa de manobras militares.

O presidente dos EUA, Joe Biden, conversou com o presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, sobre o incêndio no complexo nuclear e se juntou a ele para pedir à Rússia que cessasse suas atividades militares na área.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários