Manifestações contra ataque russo à Ucrânia
Reprodução / Redes Sociais
Manifestações contra ataque russo à Ucrânia

A população do distrito de Obolon, na Ucrânia, está sendo incentivada pelo Ministério da Defesa do país a preparar coquetéis molotov para se defenderem de ataques das tropas russas. A cidade fica perto de Kiev, que foi  'cercada' pelos russos na manhã desta quinta-feira (25).

As instruções sobre como preparar os explosivos caseiros foram transmitidas em uma rede de TV da Ucrânia. 

Em uma rede social, o ministro da Defesa da Ucrânia, Alexei Yurievich, também convocou cidadãos maiores de 60 anos "que estejam mental e fisicamente prontos a resistir e vencer o inimigo" para ajudar na resistência às tropas russas. 

Todos os cidadãos do sexo masculino de 18 a 60 anos estão impedidos de deixar o país. A decisão é válida enquanto estiver vigorando a  Lei Marcial — norma utilizada em cenários de conflitos, crises civis e políticas, que substitui as leis e autoridades civis por leis militares.

Leia Também

Na manhã desta sexta-feira, o  Ministério da Defesa da Rússia informou que "200 nacionalistas ucranianos" foram "destruídos" na operação com paraquedistas militares no aeroporto de Gostomel, que fica a cerca de 30 quilômetros de Kiev.

Entre no  canal do Último Segundo no Telegram e veja as principais notícias do dia no Brasil e no Mundo.


    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários