Ucrânia impõe lei marcial após 'invasão em grande escala' da Rússia
Crédito: getty images
Ucrânia impõe lei marcial após 'invasão em grande escala' da Rússia

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelenskiy, decretou lei marcial após o presidente da Rússia, Vladimir Putin,  autorizar uma operação militar na Ucrânia, que registrou explosões em várias cidades do país. Durante uma inesperada mensagem pela TV, Putin afirmou que não quer a "ocupação" do país, mas sua "desmilitarização".

Segundo o ministro de Relações Exteriores ucraniano, Dmytro Kuleba, o ataque é uma "invasão em grande escala" da Rússia. "Putin lançou uma invasão em grande escala da Ucrânia. Cidades ucranianas pacíficas estão sob ataque", disse Kuleba.

Guerra

Logo depois do anúncio de Putin, forças russas dispararam mísseis contra várias cidades ucranianas, e tropas russas desembarcaram na costa Sul do país, em cidades como Odessa e Mariupol.

Os centros de comando militares em Kiev e em Kharkiv foram alvo de ataque de mísseis, informou o site de notícias Ukrainska Pravda.

O ataque começou enquanto o Conselho de Segurança da ONU se reunia pela segunda vez nesta semana, com apelos dos países-membros para que Moscou não lançasse a ação.

O ataque foi iniciado um dia após Moscou declarar que as autoproclamadas repúblicas separatistas de Donetsk e Luhansk haviam pedido ajuda para repelir "agressões" de Kiev, em meio a crescentes alertas dos EUA de que um grande ataque era iminente.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários