Ataque da Rússia à Ucrânia
Reprodução/TV Globo
Ataque da Rússia à Ucrânia

O Exército da Rússia disse na manhã desta quinta-feira (24) que os  ataques às instalações militares na Ucrânia foram feitos com "armas de alta precisão". Ordenado por Putin, o país iniciou uma ofensiva militar contra o país vizinho .

"Infraestrutura militar, instalações de defesa aérea, aeródromos militares e a aviação das forças armadas ucranianas estão sendo neutralizadas com armas de alta precisão", disse o Ministério da Defesa russo.

Surgem relatos de ataques a várias cidades ucranianas, incluindo a capital Kiev. Segundo informações não oficiais do governo da Ucrânia, pelo menos sete pessoas morreram. Militares ucranianos também divulgaram terem abatido cinco aviões e um helicóptero russos na região de Luhansk, o que não foi confirmado pela Rússia.

Vários países condenaram a ação ordenada por Putin; entre eles os EUA, a França, Portugal, Japão, Itália e Suécia. A China afirmou que está acompanhando de perto a crise e aconselhou seus cidadãos na Ucrânia a permanecerem em casa.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários