Homem foi condenado a 28 anos por deixar a filha morrer
Reprodução / Spartanburg County Detention Center
Homem foi condenado a 28 anos por deixar a filha morrer

Um homem foi condenado a 28 anos de prisão por deixar a própria filha de 1 ano e 7 meses morrer dentro de um carro em chamas após uma perseguição policial, na Carolina do Sul ( EUA ).

Imhotep Norman, de 28 anos, recebeu a sentença nessa terça-feira (9) depois de confessar ser culpado por homicídio , não parar para a polícia e por acusações de uso de drogas em abril de 2019, quando a filha, Xena Norman, morreu.

Na ocasião, a Patrulha Rodoviária da Carolina do Sul tentava prender Norman por excesso de velocidade, mas o homem continuou correndo enquanto o carro começava a pegar fogo.

De acordo com as autoridades, Norman parou e saltou do carro, deixando sua filha para trás. O suspeito fugiu para a floresta após jogar uma mochila com drogas dentro do veículo.

O corpo da menina foi descoberto somente após os bombeiros apagarem as chamas.

Algumas horas depois, o homem foi detido e alegou que pensava que os policiais iriam resgatar Xena depois que ele fugisse.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários