Conspiracionistas do QAnon vão às ruas de Dallas, nos EUA, à espera de Kennedy Jr, morto em 1999
Reprodução/redes sociais
Conspiracionistas do QAnon vão às ruas de Dallas, nos EUA, à espera de Kennedy Jr, morto em 1999

Membros do  grupo conspiracionista QAnon foram às ruas de Dallas, no Texas (EUA), nesta terça-feira (2), para aguardar o 'reaparecimento' de John Kennedy Jr — morto em 1999, vítima de um acidente aéreo. 

Segundo a imprensa local, os integrantes do grupo acreditam que John Kennedy Jr apareceria à meia-noite no local onde o seu pai, o ex-presidente da República  John Kennedy, fora assassinado em 1963.

Os conspiracionistas acreditavam que Kennedy Jr. apareceria para anunciar o retorno de Donald Trump à presidência do país. O motivo pela espera de Kennedy Jr. é por acreditarem que ele não morreu em 1999, mas estaria 'escondido' antes de retornar ao país para um novo período de 'prosperidade'.

O QAnon é um grupo de extrema-direita estadunidense que acredita em conspirações envolvendo uma 'rede global' de pedofilia e tráfico sexual infantil. São seguidores de Donald Trump e estão envolvidos na  invasão do Capitólio em 6 de janeiro deste ano, após o Congresso ter confirmado a vitória do atual presidente Joe Biden.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários