Harvard aponta que agosto de 2019 teve pico de hospitalização por diarreia
William Volcov/Brazil Photo Press/Agencia O Globo
Harvard aponta que agosto de 2019 teve pico de hospitalização por diarreia


Novo estudo divulgado hoje, 9, pela Harvard Medical School afirma que a Covid-19 , doença transmitida pelo novo coronavírus, pode ter começado a circular na China em agosto, e não em dezembro. O país já afirmou que não atrasou dados da pandemia  e chegou a afirmar que apoiaria uma  revisão da situação do vírus .

Leia também

Para embasar a tese, a universidade identificou grande movimentação de veículos em hospitais da província de Wuhan , por imagens via satélite.

Você viu?

Mesmo que não possa relacionar com certeza as ocorrências hospitalares com o vírus, a pesquisa aponta que ocorrências similares aconteceram no mercado de peixes onde a doença começou a se espalhar.

Além do aumento de carros em hospitais, agosto de 2019 marcou um alto pico de pacientes que deram entrada com diarreia.

O número era muito maior do que o registrado em outras temporadas de síndromes gripais. O sintomas pode ser relacionado à Covid-19 .

O estudo sugere a hipótese de que o novo coronavírus apareceu pela primeira vez no sul do país asiático, de maneira natural. A pandemia do vírus já  matou mais de 400 mil pessoas no mundo todo.

Antes do primeiro caso confirmado, que aconteceu em dezembro de 2019, a Covid-19 já estava em circulação no país.

    Veja Também

    Mais Recentes

      Comentários