eua
Reprodução
As relações entre EUA e China estão abaladas desde o início da pandemia de coronavírus



O presidente Donald Trump atacou, nesta segunda-feira (18), a Organização Mundial da Saúde (OMS), afirmando que a entidade funciona como um " fantoch e" da China. Em seguida, o presidente americano confirmou que está considerando reduzir ou cancelar as doações dos EUA.

"Eles são um fantoche da China, estão focados em fortalecê-la ", disse ele na Casa Branca.

Trump declarou que os Estados Unidos pagam cerca de US$ 450 milhões anualmente à OMS, a maior contribuição de qualquer país. Estão sendo elaborados planos para reduzir esse valor porque "não somos tratados corretamente". "Eles nos deram muitos conselhos ruins", disse ele sobre a OMS.

Confira: Sob críticas, China apoia revisão de pandemia em encontro da OMS

Trump falou enquanto a OMS realizava sua primeira assembléia anual desde que a pandemia varreu o mundo depois de se originar na China, causando grandes perturbações econômicas e matando 316 mil pessoas - quase um terço delas nos Estados Unidos.

Outro argumento de Trump é que a China paga apenas US$ 40 milhões por ano e uma possível ideia seria Washington reduzir "nossos 450 para 40", mas "algumas pessoas pensariam que isso era demais".

    Veja Também

      Mostrar mais